Somos uma nação atravessada econômica, política, social e psicologicamente pela experiência colonial que durou séculos de escravização de africanos, violentamente traficados. Em São Caetano, é preciso considerar a importância de oficializar o dia 29 de setembro como a data da libertação dos escravizados na antiga Fazenda São Caetano.
Em respeito à memória dos antigos escravizados pretos e indígenas que ajudaram a construir a história desta cidade, e que são os verdadeiros e primeiros habitantes da região, seguimos lutando. Precisamos mostrar que além da origem italiana, São Caetano do Sul também foi erguida por muito sangue e suor de origem africana e indígena.
Assine pela aprovação do nosso Projeto de Lei que coloca o dia 29 de Setembro no Calendário Oficial da cidade. 29 de Setembro, Dia da Abolição da Escravatura em São Caetano do Sul!

Agradecemos sua assinatura!

A construção de uma sociedade anti-racista passa pela educação e pela construção de símbolos históricos e sociais que contem a história que a história não conta!

Afinal, São Caetano é Solo Preto e Indígena! Sigamos juntos e juntas na construção de uma sociedade radicalmente diferente.